O simbolismo de Cruz e Sousa: negritude, dor e satanismo

Disponibilidade: Em estoque

R$19,90
O simbolismo de Cruz e Sousa: negritude, dor e satanismo

Mais Visualizações

Detalhes

Cristiano Lima de Araújo Reis

Primeira Edição - 72 páginas

Citado por muitos como poeta que introduziu o Simbolismo no Brasil, Cruz e Sousa vai além deste título demonstrando em sua poesia uma perfeita fusão de sensações, sentimentos e consciência social a partir de sua própria realidade. Desse modo, como poeta simbolista, o desejo manifestado em sua poesia é a da busca por uma 'Arte pura', que revelasse de algum modo a essência do 'Absoluto', empreendendo assim num projeto simbo-lista bastante particular, onde uma poesia hermética e por isso fundamentalmente subjetiva se converteria num violento instrumento de contestação da segregação e da situação socioeconômica que vivera, triste herança do povo negro. Sua poesia (em verso e prosa) é a metáfora de um grito atormentado que nasce da dor de alguém que busca no sofrimento as chaves do mundo sensorial, rota de fuga em busca de uma verdade artística pura e absoluta. Um caminho que não se detém aos limites de sua obra, mas se desdobra em cada leitor que é tragado para seu universo. 'O Simbolismo de Cruz e Sousa - negritude, dor e satanismo', pretende assim penetrar na obscura alma deste poeta e realizar uma viagem por solos insólitos e tortuosos.

 

Tags do Produto

Editora In House
Delicious
Technorati
My Yahoo!
Digg
Google Bookmarks
Indique este produto